Reprodução Assistida para casais homoafetivos - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Imprensa » Reprodução Assistida para casais homoafetivos

Reprodução Assistida para casais homoafetivos

O desejo de ter um filho pode surgir na vida de qualquer pessoa. Os casais homoafetivos, atualmente, têm a possibilidade de ter um filho biológico, e as técnicas de Reprodução Assistida se tornaram um facilitador para a realização desse desejo.
 
A escolha do tratamento é exclusiva do casal, mas é necessário que se tenha um especialista em reprodução humana para acompanhar a decisão, que envolve, também, questões de saúde. Por isso, é fundamental que o casal conheça os métodos e as etapas de cada um.
 
Inseminação Intrauterina (IIU)
 
A inseminação intrauterina é uma técnica de reprodução assistida de baixa complexidade, aconselhada apenas para casais de mulheres. Neste caso, é necessário que o casal procure um banco de sêmen para a doação anônima do espermatozoide. Após a escolha, é feito o acompanhamento do ciclo menstrual da mulher escolhida para gerar o filho e, quando ela entra em seu período ovulatório, em um centro especializado em Reprodução Humana, o sêmen é depositado em sua cavidade intrauterina, facilitando o encontro dos gametas e a fertilização natural.
 
Fertilização in Vitro (FIV)
 
A fertilização in vitro (FIV) é uma técnica de alta complexidade, na qual o processo de fertilização (fecundação do óvulo pelo espermatozoide) ocorre no laboratório e os embriões obtidos são transferidos de volta para o útero. Essa técnica pode ser feita por qualquer tipo de casal.
Para casais de mulheres, assim como na Inseminação Intrauterina, é necessária a doação do espermatozoide por meio de um banco de sêmen. Nesse caso é possível que se tenha uma gestação compartilhada, onde ambas participam do processo de fecundação e gestação, utilizando o óvulo de uma das mulheres, enquanto a outra é escolhida para gerar o bebê.
Casais de homens também podem utilizar essa técnica. O casal deve recorrer a um banco de óvulos e um dos parceiros irá disponibilizar o sêmen. Nesse caso, será necessário um útero de substituição.
Útero de Substituição
 
O útero de substituição é um procedimento que consiste na doação temporária do útero, ou seja, o embrião é gerado através de uma barriga solidária. Sendo assim, a mulher que se oferece como doadora é responsável pelo desenvolvimento do bebê. Esse método pode ser utilizado em diversas situações como em mulheres que não conseguem gerar seus próprios filhos devido a problemas de fertilidade de causa uterina, problemas de saúde que as tornem incapacitantes de levar uma gestação adiante, casais heterossexuais e, também, os homoafetivos.
 
As pessoas que optarem por esse recurso serão submetidas ao tratamento de fertilização in vitro. Para casais heterossexuais, essa técnica poderá ser feita com gametas do homem e da mulher e os embriões formados serão transferidos para o útero da doadora. Os casais homossexuais compostos por dois homens devem recorrer a um banco de óvulos e decidirem qual deles disponibilizará o sêmen. No caso de duas mulheres, é preciso encontrar um doador anônimo de sêmen.
 
Centro de Reprodução Humana

O Centro de Reprodução Humana Mater Dei, localizado no 2º andar do Mater Dei Santo Agostinho e com consultas eletivas também no ambulatório do Mater Dei Betim-Contagem, é constituído com o que há de mais avançado em tecnologia de reprodução assistida.
 
Os principais serviços oferecidos pela Reprodução Humana são:

- Fertilização in vitro/ICSI;
- Monitorização e seleção embrionária por Time Lapse. Transferência embrionária;
- Eclosão assistida (hatching);
- Pesquisa genética de embriões;
- Indução da ovulação com o coito programado;
- Inseminação intrauterina;
- Oncofertilidade/Preservação da fertilidade de pacientes em tratamento oncológico.
 
Agende a sua consulta:
(31) 3339-9495
(31) 3339-9686
(31) 9 9969-1507
 

 
 

Publicado em: 29/01/2020

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

22 Outubro 2021

Premiada na categoria enfermagem, Rede...

Na edição de 2021 o evento congratulou 39 instituições de saúde, dentre elas operadoras de saúde, hospitais e grupos empresariais em diversas categorias. Anunciamos com grande satisfação que a Rede Mater Dei de Saúde foi ganhadora na categoria enfermagem.
27 Setembro 2021

Rede Mater Dei investe em tecnologia...

A Rede Mater Dei de Saúde anunciou hoje a aquisição de 50,1% do capital social da A3Data, uma empresa especializada em dados e inteligência artificial, com foco na transformação cultural e analítica de empresas. Com métodos próprios consolidados e visão de...
27 Janeiro 2020

Felicidade do fim do ciclo de...

O fim de um ciclo sempre abre espaço para um novo, cheio de novidades e coisas boas, e essa é a esperança do Jonnathan de Souza, que encerrou o seu 12º e último ciclo de quimioterapia no Hospital Integrado do Câncer, no Mater Dei Betim-Contagem