Saúde da mulher - REDE MATER DEI DE SAÚDE

Saúde da mulher

Desde quando foi inaugurado, em 1980, a Rede Mater Dei de Saúde tem a preocupação de oferecer às mulheres um atendimento personalizado e focado em suas necessidades. Conforme o Hospital expandiu e se constituiu a Rede, novos serviços foram incorporados e estão à disposição das pacientes. A Rede Mater Dei de Saúde reúne os principais serviços voltados à saúde da mulher. Ginecologia, obstetrícia, mastologia, densitometria óssea e reprodução humana são os cuidados do Mater Dei para o auxílio ao bem-estar feminino. Conheça os serviços: 
  • Ginecologia e Obstetrícia
    • A equipe de Ginecologia e obstetrícia da Rede Mater Dei de Saúde oferece às pacientes um acompanhamento personalizado durante as principais fases da vida. Com profissionais altamente qualificados, a equipe está preparada para cuidar da mulher e prestar a ela o atendimento que for necessário.

      O Mater Dei é referência no atendimento de ginecologia e obstetrícia. “Se, antigamente, o bom obstetra era reconhecido por ser chamado em casos extremos para salvar a vida da mãe, passando por um segundo momento, em que teria que salvar a vida de mãe e filho, hoje, falamos em equipe multidisciplinar apoiada por uma estrutura hospitalar adequada que ofereça segurança a mãe e filho, que terão não só as suas vidas resguardadas, mas um compromisso de oferecer ao mundo seres humanos com seu potencial resguardado”, explica a coordenadora do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia, e vice-presidente operacional e assistencial da Rede Mater Dei de Saúde, Márcia Salvador Géo. 
  • Pronto-socorro ginecológico obstétrico
    • Um espaço específico para as mulheres dentro do Mater Dei Santo Agostinho. São sete consultórios com toda estrutura necessária e 38 médicos para o pronto-atendimento e emergências. Tudo isso com o apoio da Medicina Diagnóstica Mater Dei, que possui dentre outros equipamentos, mamografia com tomossíntese, modernos aparelhos de ultrassom, entre outros. Se precisar, a qualquer hora do dia ou da noite, venha ao Mater Dei Santo Agostinho e procure um ginecologista. Nossa equipe estará à sua disposição.
  • ​​​Ginecologia Oncológica
    • Atenta ao aumento da incidência do câncer na população brasileira, a Rede Mater Dei de Saúde investe em estrutura física, tecnológica e humana para atendimento aos pacientes oncológicos. Nas mulheres, o câncer de mama é o mais comum, mas em se tratando de Oncologia ginecologia, o câncer de colo e útero e de ovário são os que mais preocupam. Por isso, o acompanhamento médico é fundamental para prevenção e detecção precoce da doença, para definição do tratamento. A Rede Mater Dei de Saúde dispõe de uma infraestrutura completa e necessária para realização do diagnóstico e tratamento avançados para o tratamento do câncer, por meio do Hospital Integrado do Câncer Mater Dei, que conta com profissionais especializados no aconselhamento genético, além de equipe capacitada para acompanhar distintamente cada caso com apoio aos familiares. 
  • Salas de admissão e acompanhamento de pacientes em trabalho de parto
    • A Rede investiu em um moderno Centro Obstétrico, com salas de admissão e acompanhamento para as pacientes em trabalho de parto no Mater Dei Santo Agostinho, com equipamentos de monitoramento avançado do feto e da mãe, camas mais modernas onde o parto de risco habitual pode ser realizado, banheiro privativo e recursos para cromoterapia.
  • Emergência obstétrica
    • Obstetras com especialização em emergências estão sempre no pronto-socorro do Mater Dei Santo Agostinho, atendendo dos casos mais simples aos mais complexos. Há situações em que minutos são responsáveis por salvar a vida da mãe ou do feto. Pensando nisso, o Mater Dei criou o Código Rosa. Acionado pelo obstetra, é mobilizada uma rede de atendimento emergencial que inclui anesteologista, pediatra, neonatologista, intensivista e enfermagem especializada. 
  • Obstetrícia de alto risco
    • Doenças hipertensivas, diabetes, patologias da tireoide, doenças maternas autoimunes, gestação gemelares e múltiplas, má formações do feto detectadas no ultrassom, restrição no crescimento fetal, trabalho de parto prematuro, ruptura da bolsa amniótica prematura ou qualquer doença que seja complicada pela gravidez são as principais patologias envolvendo a obstetrícia de alto risco. 

      A Rede Mater Dei dispõe de todos os recursos necessários para auxiliar a mãe durante toda a gestação, com o pré-natal de Alto Risco, que busca medidas de controle e adequação da saúde materno fetal, minimizando as possíveis complicações. Além disso, conta com equipe médica com as especialidades necessárias para esse acompanhamento, trazendo um resultado melhor para a mãe e seu bebê.
  • Núcleo do Assoalho Pélvico
    • O assoalho pélvico forma o “chão” da pelve (bacia), sendo que sua parte mais superficial é o períneo, região entre a vagina e o ânus na mulher. Sua função é apoiar os órgãos pélvicos (bexiga, útero e o final do intestino) e manter a continência, isto é, não deixar sair, sem querer, urina, gases ou fezes. 

      Hoje sabemos que são várias as causas das disfunções do assoalho pélvico e essas se acumulam ao longo da vida da mulher. “É de suma importância que as mulheres se conscientizem do que é seu assoalho pélvico, para protegê-lo durante as diversas fases da vida, evitando doenças futuras e obtendo uma melhor qualidade de vida ao longo dos anos”, explica Márcia Salvador Géo, coordenadora dos Serviços de Ginecologia e Obstetrícia e da Unidade de disfunções do assoalho pélvico da Rede . 

      O Núcleo do Assoalho Pélvico tem como abordagem o cuidado multidisciplinar para pacientes com incontinência urinária e fecal e prolapso genital (conhecido como queda do útero, da bexiga, do intestino, ou à rotura perineal). O serviço reúne em um só lugar uma estrutura de apoio e de diagnóstico, com equipe de referência composta por médicos, fisioterapeutas e outros profissionais.

      Mais informações:
      Telefone: (31) 3339-9595
  • Endometriose 
    • Estima-se que 10% das mulheres em idade reprodutiva sofram de endometriose. Por isso, é importante que a doença seja descoberta em fase inicial, para evitar seus efeitos sobre a qualidade de vida e o sobre o futuro reprodutivo da mulher.

      Pacientes com suspeita de endometriose cólicas menstruais muito fortes e que vêm piorando com o tempo, dor durante a relação sexual, dor para evacuar no período menstrual devem ser avaliadas pelo ginecologista. Já as mulheres com diagnóstico de endometriose, e que estejam tentando engravidar, devem passar pela avaliação com o especialista para orientações e tratamento adequados. Ambos os serviços estão disponíveis na Rede Mater Dei de Saúde.

      Segundo Claudia Laranjeira, sub-coordenadora do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia da Rede, “a escolha do tratamento depende do objetivo: alívio da dor, promoção da fertilidade ou preservação da capacidade reprodutiva. Existem medicações que podem trazer alívio da dor e dificultar a progressão da doença. A cirurgia pode ajudar no alívio da dor e promoção da fertilidade. Quando não é possível restaurar a função dos órgãos reprodutivos, a alternativa são as técnicas de reprodução assistida”.

      Mais Saúde Mater Dei
      Telefone: (31) 3339-9595 
  • Mastologia
    • O câncer de mama é responsável por mais de 22% novos casos da doença a cada ano, segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e a principal causa de morte da população feminina brasileira. A Rede Mater de Saúde investe em equipamentos modernos, médicos especialistas para a realização dos exames, atendimento individualizado e exames de mamografia com entrega imediata dos resultados. 
      A Rede investiu no que existe de mais avançado para a detecção do câncer de mama: a Mamografi a Digital DR de última geração. O aparelho conta com a opção da Tomossíntese, um exame que permite acrescentar à mamografia habitual uma série de imagens 3D, em múltiplos ângulos, colaborandopara um diagnóstico mais preciso e seguro. “O exame, em três dimensões, aumenta em até 25% a possibilidade de detecção do tumor no estágio inicial. Concomitantemente à mamografia, a ultrassonografia e a ressonância magnética são exames complementares ao diagnóstico de doenças das mamas. Por esses métodos, as biópsias dirigidas também podem ser realizadas levando ao diagnóstico e orientando tratamentos, afirma o coordenador do serviço de mastologista e presidente da Rede, Henrique Salvador.

      Informações:
      Mais Saúde: (31) 3339-9595
      Hospital Integrado do Câncer: (31) 3401-7490 | WhatsApp: (31) 9.9859-2384
      Medicina Diagnóstica: (31) 3339-9800  |WhatsApp: (31) 9.9821-8232
       
  • Medicina Fetal/Cirurgia Fetal 
    • Por meio de exames de ultrassonografia obstétrica, o feto é avaliado continuamente ao longo da gestação. Biópsias de placenta, amniocentese e cordocentese podem ser feitos para auxiliar nos diagnósticos da saúde fetal, quando necessários, durante a gravidez levando mais informação aos pais e médicos assistentes, com explicação dos resultados e os prognósticos.  E podemos ainda fazer cirurgias no feto, ainda dentro do útero materno, para tratamento de defeitos da coluna, gestações gemelares com transfusão de sangue de um feto para o outro, além de alguns outras patologias cardíacas e do pulmão dos fetos.
       
    • Mais informações:
      Telefone: (31) 3335-7733
  • Densitometria óssea
    • Com o objetivo de oferecer atendimento diferenciado e mais especializado ao público feminino, a Rede Mater Dei de Saúde ampliou o Serviço de Densitometria e inaugurou, em 2016, uma nova sala de exames no Mater Dei Contorno, equipada com o densitômetro projetado para avaliar, além da massa óssea, a composição corporal dos pacientes. 

      A tecnologia permite discriminar a quantidade de gordura dentro do abdome e subcutânea, respectivamente, a gordura visceral e a periférica. Outra novidade é a avaliação da massa muscular, que pode ser medida e monitorada ao longo do tempo. ”Estes recursos permitem avaliar pacientes submetidos a condicionamento físico e atletas. O excesso de treinamento, conhecido como overtrainning, causa perda de massa muscular. Portanto, pessoas que iniciam treinamento físico e dieta para perda de peso, podem ter os resultados reais do trabalho desenvolvido, além de prevenir a perda de massa muscular. Idosos e portadores de doenças crônicas, HIV e câncer também podem sofrer com a perda de massa muscular. Nestes casos, o exame, considerado padrão-ouro na avaliação da composição corporal, supera a bioimpedância na determinação regionalizada de músculo e gordura” explica o coordenador do Serviço de Densitometria Óssea da Rede Mater Dei de Saúde, Bruno Muzzi Camargos. 

      Dessa forma, estão à disposição das pacientes dois aparelhos capazes de avaliar massa óssea, qualidade óssea e composição corporal, operados por médicos certificados em densitometria clínica. 
  • Reprodução Humana e oncofertilidade
    • O Centro de Reprodução Humana Mater Dei possui a mais avançada tecnologia em reprodução assistida. Localizado no Mater Dei Santo Agostinho, oferece para médicos e pacientes equipamentos modernos que atendem a tratamentos de alta complexidade, como o acompanhamento do desenvolvimento e seleção embrionária em tempo real (timelapse), laser para eclosão assistida e pesquisa genética dos embriões. 

      Para pacientes oncológicos, o Centro tem suporte do Hospital Integrado do Câncer para orientações e escolha do método mais adequado para possível gravidez no futuro após remissão da doença, que possa ser executado em tempo hábil, sem prejudicar a saúde da paciente.

      Mais informações: 
      Telefone: (31) 3339-9495 / 9686 | WhatsApp: (31) 9.9969-1507
  • Check-up feminino
    • Um grande aliado para melhoria da qualidade de vida das mulheres é o check-up ginecológico. As mulheres apresentam peculiaridades em sua saúde, o que exige a necessidade e o hábito de realização de avaliações preventivas periódicas. A Rede oferece uma avaliação personalizada para as mulheres. O serviço é focado no público feminino nas diferentes fases da sua vida (adolescência, vida adulta, pré-concepcional, pré e pós-menopausa).

      Telefone: (31) 3339-9563 / 9571
  • Medicina do Esporte
    • Os benefícios adquiridos com a atividade física regular garantem a atletas e amadores melhor qualidade de vida. Porém, antes de iniciar a prática de esportes é fundamental realizar um check-up esportivo. O corpo da mulher necessita de uma atenção e cuidados especiais para que seja possível a melhora da sua performance esportiva e, ao mesmo tempo, garantir a sua saúde.

      “A fisiologia feminina requer cuidados específicos. Assim sendo, o serviço de Medicina do Esporte Mater Dei visa contribuir para a segurança cardiovascular da prática esportiva, minimizar os riscos de lesões e sintomas relacionados ao exercício e proporcionar a prescrição adequada do exercício para cada objetivo”, explica a médica do esporte e coordenadora da Medicina do Esporte Mater Dei, Carla Tavares. Saiba mais na página 40.

      Telefone: (31) 3339-9563 / 9571
Serviços para a mulher - Rede Mater Dei de Saúde

Mais Saúde Mater Dei: (31) 3339-9595
Check-up: (31) 3339-9563 e 3339-9571
Central de Marcação de Exames: (31) 3339-9800 | WhatsApp: (31) 9.9821-8232 

Hospital Integrado do Câncer: (31) 3401-7490 | WhatsApp: (31) 9.9859-2384
Centro de Reprodução Humana: Telefone: (31) 3339-9495 / 9686 | WhatsApp: (31) 9.9969-1507
Cirurgia Fetal: (31) 3335-7733
Medicina do Esporte: (31) 3339-9563 / 9571

Posts Relacionados

08 Março 2017

Saúde da Mulher: investimento constante

Dentre mais de quatro mil médicos na Rede, 45% é composto por mulheres. Dos mais de 2.500 colaboradores, elas já chegam a 80%. Além disso, 56% dos clientes que passaram pela Rede em 2016 são mulheres. Para elas, os investimentos em melhorias são constantes.
30 Maio 2018

Como é feito o diagnóstico de...

Geralmente a endometriose só é descoberta após vários anos de sintomas, porque não há um bom exame capaz de diagnosticar todas as formas da doença (superficial, ovariana e profunda infiltrativa).
15 Março 2017

Incontinência Urinária em Mulheres

A grande maioria, senão todas as mulheres, irão ter ou tiverem algum episódio de perda de urina involuntária. Quando as perdas impactam as atividades sociais, sexual ou familiares, é hora de procurar um especialista.