Médico do Mater Dei participa de Congresso Mundial de Osteoporose - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Médico da equipe de Densitometria Óssea do Mater Dei participa de Congresso Mundial de Osteoporose

Médico da equipe de Densitometria Óssea do Mater Dei participa de Congresso Mundial de Osteoporose

O coordenador do Serviço de Densitometria Óssea da Rede Mater Dei de Saúde e médico ginecologista com área de atuação em osteometabolismo, Bruno Muzzi Camargos, representou a equipe de Densitometria do Hospital, no Congresso Mundial de Osteoporose. 

O evento aconteceu entre os dias 19 e 22 de abril, na cidade de Cracóvia, na Polônia, e foi organizado pela International Osteoporosis Foundation. O congresso é considerado o maior da área em público e produção cientí

fica.  Este ano o evento reuniu cerca de 3.965 médicos de diferentes especialidades e nacionalidades.

Bruno Muzzi participou da grade científica do congresso em dois simpósios não-patrocinados. O primeiro organizado pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), e o segundo organizado pela Associação Colombiana de Metabolismo Ósteo-Mineral (ACOMM).

O simpósio FEBRASGO abordou a osteoporose feminina, da gestação à senilidade. Participaram também da atividade a atual Presidente da Comissão Nacional de Osteoporose da FEBRASGO e professora livre-docente da Universidade Federal de Campinas, Dra. Adriana Orcesi Pedro, além do professor-doutor em Epidemiologia pela Universidade Federal do Espírito Santo, Dr. Ben-Hur Albergaria. Os três especialistas foram os únicos brasileiros que atuaram como palestrantes no Congresso.

Representantes da Argentina, Peru e Colômbia compuseram uma outra sessão conjunta que foi coordenada pelo médico Bruno Muzzi. O conteúdo da atividade abordou a maior incidência de fraturas por fragilidade verificada em portadores de Diabetes Mellitus Tipo 2.

Dr. Muzzi explica que a combinação de fatores de risco como irregularidade menstrual e a prática de esportes com carga exaustiva de treinamento, pode expor a mulher ao risco de desenvolver mais precocemente a osteoporose. “Essa associação é mais provável de ocorrer em ciclistas, nadadoras e maratonistas com excesso de treinamento.  Já o Diabetes Mellitus Tipo 2, a forma da doença que não é dependente de insulina, aumenta consideravelmente o risco de fraturas espontâneas, mesmo em pacientes sem o diagnóstico formal de osteoporose que normalmente é feito pelo exame de densitometria óssea da coluna lombar, fêmur e/ou antebraço”, esclarece. 

Segundo o especialista, a mudança nos hábitos de vida tem enfraquecido os ossos e aumentado a taxa de fraturas espontâneas. “Essa mudança está relacionada tanto ao excesso quanto à falta do exercício físico regular. Por isso, é importante estar atento aos sinais precoces de perda óssea que podem ser precocemente identificadas e, pacientes submetidos à densitometria óssea. O exame identifica pequenas variações e alerta para uma eventual perda de cálcio superior esperado para a idade do paciente“, salienta o médico.
 

Atendimento na Rede Mater Dei de Saúde

A Rede conta com especialistas certificados pelo Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem e pela International Society for Clinical Densitometry. O Serviço de Densitometria Óssea está presente no Mater Dei Santo Agostinho e Mater Dei Contorno. Os exames são realizados por médicos especializados e os laudos densitométricos entregues no mesmo dia, poupando tempo e garantindo maior rigor na aquisição e análise de dados.

Para agendar o exame, são disponibilizadas três opções:
Agendamento online
Telefone: (31) 3339-9800 
WhatsApp: 9.9821-8232

 


Publicado em: 09/05/2018

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

04 Outubro 2018

Médico da Rede Mater Dei participa do...

Médico da Rede Mater Dei de Saúde apresenta trabalhos no 35° Congresso Mundial de Medicina do Esporte.
20 Outubro 2016

Rede Mater Dei de Saúde oferece...

O Dia Mundial da Osteoporose, comemorado em 20 de outubro, chama atenção para o problema que atinge cerca de dez milhões de pessoas no Brasil.
11 Setembro 2018

Congresso Mineiro de Cardiologia

Aplicação da Ciência à Prática Clínica. Esse foi o tema principal da programação do Congresso, que aconteceu entre os dias 09 e 11 de agosto. O evento contou com a ampla participação de médicos do Serviço de Cardiologia da Rede.