Hospital Integrado do Câncer Mater Dei é sede do “Arraiá dos guerreiros” - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Hospital Integrado do Câncer é sede do “Arraiá dos guerreiros”

Hospital Integrado do Câncer é sede do “Arraiá dos guerreiros”

A Rede Mater Dei de Saúde busca diariamente colaborar com ações de humanização entre os pacientes e familiares. Foi com esse intuito que, no dia 06 de junho, as crianças que passam por tratamento oncológico no Hospital Integrado do Câncer (HIC), tiveram a oportunidade de se divertir em uma festa junina para comemorar os aniversários dos pequenos pacientes Jeremias e Victor.

A festa foi organizada pelas mães dos aniversariantes e contou com o apoio da equipe do HIC. O espaço de tratamento oncológico contou com uma decoração e uma mesa repleta de comidas típicas da festividade junina. Além disso, as crianças participaram de um circuito de brincadeiras, que proporcionou um clima de descontração.

A gerente do HIC, Ana Amélia conta que: “É um momento de interação, em que eles vão se encontrar com mais crianças na mesma circunstância para brincar e se divertir. O intuito da Rede além de apoiar essa causa, é de também promover um espaço lúdico para os pacientes, oferecendo uma estrutura diferente, comoalternativa de compartilhar momentos especiais.”

Publicado em: 20/06/2017

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

06 Janeiro 2020

Pedido especial de Natal

O dia 25 de dezembro foi uma data pra lá de especial para o nosso paciente Marcos Rogério Figueiredo e sua família, que puderam passar o Natal juntos
22 Março 2019

Conselho Consultivo de Pacientes

A nova iniciativa da Rede tem como objetivo estreitar o relacionamento entre o Mater Dei e os pacientes e seus familiares, atendendo cada vez mais as necessidades daqueles que procuram os nossos serviços.
12 Junho 2018

Você sabia? Crianças também têm...

As consequências da cardiopatia congênita são diversas e heterogêneas, dependem do tipo de má formação. Quando não é corrigida, pode evoluir para dilatação e fraqueza do coração, arritmias cardíacas e problemas pulmonares irreversíveis.