​Dicas para evitar doenças trazidas pela chuva - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Imprensa » ​Dicas para evitar doenças trazidas pela chuva

​Dicas para evitar doenças trazidas pela chuva



O período de chuvas mais intensas pode causar enchentes e alagamentos pela cidade o que, consequentemente, traz o risco de transmissão de doenças infecciosas para a população. Isso se deve tanto ao consumo de água não tratada como pelo contato com água contaminada, que carregam uma série de bactérias e vírus. As doenças mais comuns nessas situações são hepatite A, leptospirose, febre tifoide, doenças diarreicas agudas, entre outras. 

É importante ressaltar que algumas dessas doenças têm alto potencial de disseminação, podendo ocorrer a transmissão de pessoa a pessoa. Por esse motivo é necessário atentar-se às medidas de prevenção e tomar cuidado com a sua saúde. Separamos algumas dicas sobre como proceder para prevenir doenças relacionadas à ocorrência de enchentes.

  • Evite, ao máximo, transitar em locais alagados. Se não for possível, sempre se proteja com botas ou até sacos de plástico nos pés; 
  • Descarte remédios e alimentos que entraram em contato com a água ou lama, mesmo aqueles embalados com plástico e que não foram abertos. Os produtos enlatados cuja embalagem não foi danificada podem ser aproveitados; 
  • Equipamentos e utensílios que entraram em contato direto com a água ou lama devem ser bem lavados com água e sabão e depois desinfetados com água sanitária para uso em alimentos;
  • Objetos que entraram em contato com água de enchente não passíveis de lavagem com água e sabão e desinfecção com água sanitária deverão ser descartados;
  • Ao limpar as áreas domiciliares que foram atingidas, como pisos, paredes e bancadas, é essencial se proteger com botas e luvas de borracha ou sacos plásticos duplos nos braços e pernas;
  • Beba sempre água potável e utilize-a no preparo dos alimentos. Não consuma água de poço;
  • Lave bem as mãos antes de preparar as refeições; 
  • Procure atendimento médico caso apresente: febre, calafrios, fraqueza, falta de apetite, sintomas gastrointestinais (diarreia, náuseas, vômitos), dor nos músculos, dor de cabeça, olhos amarelos, ferimentos e/ou sangramentos espontâneos;
  • Lembre-se que água acumulada pode favorecer a proliferação do mosquito    Aedes aegypti, responsável por causar dengue, zika e chikungunya. Mantenha o seu quintal limpo, jogue fora o que não é utilizado e elimine recipientes que possam acumular água, como latas, garrafas, sacolas plásticas, etc.
Nestes casos, vacinas contra a Hepatite, Gripe e Dengue são também importantes aliadas na prevenção destas doenças. A médica patologista e coordenadora do Laboratório de Patologia Clínica da Rede Mater Dei Saúde, Flávia Massote, reforça a importância de manter o cartão de vacina atualizado.  “Dê uma olhada no cartão vacinal, pois é importante ter esse controle. Principalmente para grávidas, crianças pequenas, idosos e profissionais de saúde”. Ela ressalta a necessidade de se informar e procurar um médico para colocar o calendário de vacinal em dia.

O Mater Dei Vacina conta com diversas vacinas, desde o nascimento até a fase adulta e a terceira idade. Além daquelas presentes no calendário oficial brasileiro, também oferece imunização que a rede pública não dispõe para a população. É importante destacar que o armazenamento das vacinas é feito com rígido monitoramento do controle de temperatura, em conformidade com a legislação vigente.

 

Responsáveis:

Silvana de Barros Ricardo

Infectologista e Coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar da Rede Mater Dei de Saúde 

CRM-MG: 18459

Flávia Cerqueira Massote

Médica Patologista e Coordenadora do Laboratório de Patologia Clínica da Rede Mater Dei Saúde

CRM-MG: 32764


Publicado em: 17/02/2020

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Dicas

Termos relacionados Rede Mater Dei Chuvas Vacina

Posts Relacionados

11 Novembro 2021

Tecnologia e inovação: Rede Mater Dei...

Com a Campanha Outubro Rosa, o debate sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, que aumenta em até 90% a chance de cura da doença, ganhou força nos últimos dias. Para garantir um diagnóstico ainda mais preciso e seguro, a Rede Mater Dei de...
16 Janeiro 2018

​A importância da vacinação para...

Cuidados preventivos, principalmente com a saúde, são itens fundamentais na hora de organizar uma viagem, seja para curtir férias, estudar ou trabalhar. No momento de programar o roteiro é essencial lembrar que alguns locais exigem vacinas específicas.
19 Março 2019

Conheça a meningite e previna-se

A meningite é um processo inflamatório que afeta o sistema nervoso central, atingindo as meninges, membranas que envolvem o cérebro e medula espinhal. Frequentemente, é ocasionada por agentes infecciosos, sendo as meningites bacterianas e virais as mais graves.