​Mater Dei realiza primeira cirurgia fetal do estado de Minas Gerais - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Imprensa » ​Mater Dei realiza primeira cirurgia fetal do estado de Minas Gerais

​Mater Dei realiza primeira cirurgia fetal do estado de Minas Gerais

(Release)

Confirmando o pioneirismo do Mater Dei na área de ginecologia e obstetrícia, foi realizada, no dia 23 de abril, a primeira cirurgia fetal de Minas Gerais para correção dos defeitos abertos da coluna vertebral. O procedimento foi realizado no Mater Dei Santo Agostinho pelo ginecologista e coordenador do Serviço de Medicina Fetal, Carlos Henrique Mascarenhas, após realizar o estágio em serviço na Bélgica, país que possui o maior volume de cirurgia fetal da Europa.

Complexo e desafiador, o procedimento cirúrgico envolveu uma equipe cirúrgica treinada, coesa e preparada. Obstetras, neurocirurgiões, anestesiologistas e enfermeiros, todos atuantes da Rede Mater Dei de Saúde, trabalharam para que tudo transcorresse de forma adequada. O sucesso da cirurgia foi resultado da expertise do corpo clínico da Rede e da estrutura hospitalar que coloca à disposição dos médicos toda a tecnologia necessária.

“A Rede Mater Dei de Saúde está preparada e estruturada para fazer todas as cirurgias fetais disponíveis. Nosso objetivo é fazer com que nossos pacientes estejam próximos de suas famílias nesses momentos de grande desafio e angústia. Como tudo que fazemos, o resultado de nosso trabalho só será relevante e adequado se trouxer junto muito calor humano, muito carinho e atenção permanente, com as mães e os pais envolvidos nestas cirurgias”, explica Carlos Henrique.
 

A cirurgia fetal

De acordo com o médico, a evolução do cuidado com o feto que assistimos nos últimos anos é, talvez, a grande conquista da obstetrícia moderna. “Atualmente podemos tratar o feto com algumas patologias ainda dentro do útero materno ao invés de ficarmos esperando o seu nascimento para só então poder agir”, ressalta.

Os impactos positivos das cirurgias fetais intrauterino mudarão a qualidade de vida das crianças submetidas a esses tratamentos, com benefícios que repercutirão para sempre. A cirurgia fetal aumenta em muito as chances das crianças operadas terem uma vida normal do ponto de vista cognitivo e motor. “Realizar esse tipo de cirurgia antes do nascimento do bebê diminui o risco de lesão cerebral e da necessidade de cirurgias neurológicas após o nascimento. A cirurgia fetal para correção dos defeitos abertos da coluna vertebral é, sem dúvida, uma das melhores indicações ”, salienta o médico.


RESPONSÁVEL:
Carlos Henrique Mascarenhas
Ginecologista e coordenador do Serviço de Medicina Fetal da Rede Mater Dei
CRM-MG: 29885


Publicado em: 03/05/2018

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Gestação

Posts Relacionados

11 Fevereiro 2019

Pioneirismo em cirurgia fetal

Sempre na vanguarda e buscando os melhores recursos tecnológicos e a melhor equipe técnica, a Rede Mater Dei de Saúde se destaca em seu compromisso em oferecer o melhor e mais moderno atendimento para seus pacientes. Reflexo dessa filosofia de trabalho pode ser...
20 Novembro 2018

A Obstetrícia e a Medicina fetal

Atualmente é possível fazer o rastreamento precoce de doenças maternas e propor medidas de prevenção e tratamento, assim como dos métodos de avaliação do feto, fornecendo informações seguras e precisas
20 Junho 2018

​Mater Dei realiza mais uma cirurgia...

Procedimento intrauterino contou com estrutura e expertise médica da Rede para sua realização e sucesso.