Insuficiência renal aumenta em pacientes pós infecção por coronavírus - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Insuficiência renal aumenta em pacientes pós infecção por coronavírus

Insuficiência renal aumenta em pacientes pós infecção por coronavírus

O novo coronavírus não trouxe preocupações somente em relação aos sintomas da infecção, mas também de doenças causadas por ele após o tratamento. 

O número de pessoas que se queixam da persistência de alguns sintomas e também de doenças novas aumenta cada vez mais, entre eles o surgimento de Insuficiência Renal Aguda (IRA).Pesquisas apontam que, aproximadamente, 9% dos infectados por Covid-19 desenvolvem Insuficiência Renal, com esse número chegando a 23% em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

A Insuficiência é caracterizada pelo comprometimento da função renal, com o inchaço devido a retenção de líquido, náuseas, falta de ar, fadiga e déficit de urina. O nefrologista da Rede Mater Dei de Saúde, Luiz Flávio Giordano, explica que algumas pessoas têm predisposição à doença, mas que qualquer um pode adquirir por conta da Covid. “Pacientes com mais de 60 anos, pessoas com diabetes, obesos ou portadores de doenças cardiovasculares, como hipertensão arterial e doença coronariana, parecem ter mais risco de comprometimento da função renal. Mas qualquer um pode adquirir”.

Para realizar o diagnóstico com precisão é necessário realizar exames laboratoriais, com destaque para creatinina, que avalia se o rim está funcionando normalmente. “Trata-se de um exame simples, mas fundamental para identificar pacientes com IRA”, conta o médico.
O especialista responsável por analisar e cuidar de pacientes com Insuficiência é o Nefrologista, profissional responsável por tratar da saúde urinária e renal.  
 
Casos graves
 
Em casos mais graves de pacientes acometidos por Insuficiência Renal Aguda, é necessário realizar procedimentos de hemodiálise, que têm o objetivo de restabelecer o equilíbrio interno perdido pela função renal comprometida. 
O primeiro passo é procurar um médico nefrologista. A Rede Mater Dei conta com atendimento ambulatorial nas três unidades: Mais Saúde Mater Dei, Mater Dei Contorno e Mater Dei Betim-Contagem. 
Além disso, possui um serviço completo, com amplo espaço, equipamentos de última geração e equipes médicas e de enfermagem especializadas para a realização de hemodiálises. Tudo para garantir o restabelecimento da saúde renal dos pacientes.

Para mais informações ou para agendar uma consulta, entre em contato através do telefone: 

(31) 3339-9410 - Mater Dei Contorno
(31) 3339-9595 - Mais Saúde
(31) 3339-9800 - Central de Marcação de Exames
(31) 3512-2210 - Mater Dei Betim-Contagem


 

Publicado em: 27/11/2020

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Termos relacionados hemodialise betim covid 19

Posts Relacionados

06 Fevereiro 2020

Serviço de Hemodiálise chega ao Mater...

Quando os rins sofrem de alguma doença crônica que leva à perda de suas funções, ocorre a insuficiência renal e é preciso substituir essas funções pela diálise ou, em casos específicos, por transplante renal.
18 Outubro 2019

Mater Dei realiza campanha de...

O Mutirão é uma parceria com a Faculdade de Odontologia da UFMG e Prefeitura de Belo Horizonte, onde a Rede Mater Dei fornecerá toda a estrutura hospitalar e os materiais necessários para realização dos procedimentos cirúrgicos
08 Maio 2020

Após 47 dias de internação por COVID...

Após 47 dias internado devido à Covid-19, sendo 34 deles no CTI, o paciente Marco Aurélio Dias, de 60 anos, teve alta hoje, 08/05/20, do Mater Dei Contorno, após ser curado da doença.