Covid-19 não é a única doença que precisa de atenção: Rede Mater Dei de Saúde alerta sobre a importância de estar atento a sintomas que não podem esperar - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » Covid-19 não é a única doença que precisa de atenção: Rede Mater Dei de Saúde alerta sobre a importância de estar atento a sintomas que não podem esperar

Covid-19 não é a única doença que precisa de atenção: Rede Mater Dei de Saúde alerta sobre a importância de estar atento a sintomas que não podem esperar

A pandemia trouxe ao mundo no ano de 2020 uma nova realidade que alterou não somente o modo como as pessoas interagem em seus vínculos interpessoais, mas também a relação com sua própria saúde. A apreensão de se contrair a Covid-19 faz com que as pessoas evitem procurar atendimento médico mesmo diante de sintomas que não devem ser negligenciados e, em decorrência disso, a saúde é muitas vezes prejudicada.
 
Apesar do isolamento social ser uma das medidas de extrema importância para o controle e diminuição do contágio do vírus, outras doenças continuam a existir e é essencial que as pessoas estejam atentas à prevenção, identificação e tratamento destas também. Para isso é imprescindível que o acompanhamento médico não seja postergado ao identificar sintomas e/ou apresentar mal-estar. 
 
A vice-presidente assistencial e operacional da Rede Mater Dei de Saúde, Márcia Salvador Géo, faz um importante alerta quanto a isso: “Temos recebido em nossos Prontos-socorros pacientes com doenças em estágio avançado e que se agravam devido à demora em vir ao hospital por medo de uma possível contaminação por Covid-19. Cirurgias adiadas também trazem risco de uma deterioração do quadro clínico, com um risco maior para o paciente. E aqui vai outro alerta: nem tudo que é eletivo pode ser adiado”, afirma a médica. 
 
A detecção precoce de doenças é um fator crucial para o tratamento e proporciona grandes chances de cura, como é o caso de doenças como o câncer, por exemplo. Por isso, campanhas de conscientização como Outubro Rosa e Novembro Azul, foram feitas a fim de incentivar as pessoas a se atentarem aos sintomas e procurar atendimento médico. 
 
Um exemplo dos danos de postergar atendimento médico é o aumento dos casos de infarto durante a pandemia. Lucas Lodi, cardiologista intervencionista da Rede Mater Dei de Saúde, avalia que essa demora na procura por atendimento médico pode ocasionar o aumento nos casos de morte por infarto no país. “Estudos realizados apontam uma queda de até 70% dos atendimentos por infarto nos hospitais no mundo todo, além de um aumento de até oito vezes no número de mortes por infarto em casa”, explica o médico.
 
Contudo, o diagnóstico precoce que pode ser obtido através da atenção aos sintomas, procura de atendimento médico e rastreamento através de exames, não deve ser uma prioridade e preocupação apenas nos casos exemplificados acima. Pensando nisso, a Rede Mater Dei de Saúde alerta frequentemente sobre a importância de não adiar a procura por atendimento médico, criando a campanha ‘Alguns Sintomas Não Podem Esperar’.
 
Fique atento à sua saúde e não deixe de procurar atendimento médico. Desde o início da Pandemia, a Rede Mater Dei de Saúde está preparada para atender a todos os pacientes. É um processo dinâmico tanto que, diariamente, o Comitê de Gestão de Crise multidisciplinar monitora os cenários (mundial, nacional e local), utiliza ferramentas de inteligência artificial para gestão de leitos e recursos e, com a Diretoria e as áreas assistenciais e administrativas, traça as melhores estratégias para garantir atendimento a todos os pacientes, com segurança e qualidade.
 
Os três Hospitais da Rede (Mater Dei Santo Agostinho, Mater Dei Contorno e Mater Dei Betim-Contagem) estão estruturados e preparados para atender a demanda, com protocolos de atendimento, fluxos separados e segurança para pacientes com Covid-19 e de outras especialidades médicas uma vez que existem sintomas, exames preventivos, procedimentos e cirurgias eletivas agendadas e rastreamento oncológico que não podem esperar.
 
Através de conteúdo online em vídeos e textos com especialistas referências na área, a campanha procura conscientizar e informar as pessoas sobre o cuidado e atenção para o bem mais precioso que possuem: a sua saúde. 
 
A Rede preparou em conteúdo interativo, uma lista de sintomas que não podem esperar, categorizada em 30 especialidades, entre elas: pediatria, geriatria, obstetrícia gravidez, ginecologia, hepatologia, cardiologia, cirurgia geral, entre outros. 
 
Clique aqui e confira o conteúdo na íntegra





 

Publicado em: 14/12/2020

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

13 Dezembro 2021

Rede Mater Dei de Saúde é premiada...

Na última terça-feira (06), a Rede Mater Dei de Saúde foi premiada na categoria Hospital Privado Destaque pelas ações de combate à Covid-19, do Prêmio Benchmarking Saúde 2021 em Salvador, promovido pela Criarmed. Luciana Silva, diretora clínica do Mater Dei...
28 Maio 2021

Hemodiálise contínua através do...

Quando os rins sofrem de alguma doença crônica que leva à perda de suas funções, ocorre a insuficiência renal e é preciso substituir essas funções pela diálise ou, em casos específicos, por transplante renal.
14 Dezembro 2020

Covid-19 não é a única doença que...

A pandemia trouxe ao mundo no ano de 2020 uma nova realidade que alterou não somente o modo como as pessoas interagem em seus vínculos interpessoais, mas também a relação com sua própria saúde.