Doença de Pompe  - REDE MATER DEI DE SAÚDE

Doença de Pompe 

A Doença de Pompe é uma doença neuromuscular, que afeta o metabolismo do glicogênio – forma em que a glicose é armazenada em nosso organismo. Por se tratar de uma enfermidade genética, o indivíduo portador não pode evitá-la.
 

Segundo o especialista em neurologia da Rede Mater Dei de Saúde, Gustavo Daher, os sintomas da Doença de Pompe tendem a se iniciar na infância. “A criança começa a apresentar alterações cardíacas, associadas a fraqueza muscular generalizada”, explica o médico. No entanto, o médico ressalta que essa enfermidade também pode se manifestar na adolescência ou na fase adulta, mas com diferenças nos sintomas. A fraqueza muscular, por exemplo, evolui de forma mais prolongada, “a piora nessas idades são graduais e acontecem até que haja o comprometimento da musculatura respiratória”, aponta o especialista. Por esse motivo, é indicado que, ao sentir o surgimento de traços da doença, o paciente deve procurar por um especialista.
 

O diagnóstico é feito com base no contexto clínico do paciente e de notáveis alterações em exames eletrofisiológicos, como o eletrocardiograma e a eletroneuromiografia, e de sangue, além da biópsia de pele ou de músculo do paciente. O tratamento é feito por meio de terapia de reposição enzimática, orientação dietética – dieta com mais proteínas e menos carboidrato, e fisioterapia neurológica e cardiovascular.
 


RESPONSÁVEL:
Gustavo Daher Vieira de Moraes Barros
Coordenador do Serviço de Neurologia do Mater Dei Contorno
CRM-MG: 40745


Posts Relacionados

18 Dezembro 2018

Médico da Rede lança livro

O ortopedista e traumatologista do Mater Dei Francisco Carlos Salles Nogueira, é um dos editores e autores do livro “Fraturas em Crianças e Adolescentes – Fundamentos e Práticas”. O livro é referência para os ortopedistas pediátricos de todo o Brasil.
12 Outubro 2019

Baixe o nosso jogo de tabuleiro

Neste Dia das Crianças aproveite para conhecer um pouco mais sobre a história da Rede Mater Dei de Saúde e se divertir com os pequenos
13 Fevereiro 2019

Dicas para volta às aulas

Atividades como acordar cedo, comer nos horários estabelecidos e dormir uma quantidade de horas suficiente podem se tornar tarefas difíceis de serem realizadas por crianças e adolescentes nesse período. Confira algumas dicas para retomar a rotina de maneira...