Alimentação de fim de ano - REDE MATER DEI DE SAÚDE

Alimentação de fim de ano

Quando o final do ano se aproxima, muitas pessoas tendem a exagerar na alimentação. Pela fartura da ceia, ou pelo simples desligamento da rotina, os excessos ocorrem e as consequências aparecem nos quilinhos extras que surgem, além do inchaço e da conhecida “ressaca”.  Para evitar tais sintomas, o nutrólogo do Mater Dei, Ênio Cardillo, dá algumas dicas simples sobre o assunto.

Coma com calma!
Extravagância não faz mal para ninguém. Comer mais, eventualmente, não constitui problema. Contudo, em tempos de festas, recomenda-se moderação na quantidade de alimentos. As pessoas devem comer com calma. Com isto, evita-se o excesso.

Dê preferência para alimentos menos calóricos
Devemos aumentar o consumo de frutas e hortaliças. Com isto, evitamos o excesso de alimentos com alto conteúdo calórico.

Comer muito e querer se “desintoxicar” depois não resolve
Este conceito de “desintoxicação” é falso. As toxinas têm denominações específicas: toxina botulínica, toxina tetânica, etc. Não existe “intoxicação” com consumo excessivo de alimentos, a não ser que o alimento esteja deteriorado (estragado). Isto serve, também, para desmitificar a ideia de que o jejum desintoxica o organismo. 

Exagerou na alimentação?
Faça uma compensação comendo menos no dia seguinte, dando preferências a frutas e hortaliças.

Beba bastante água!
Mantenha-se hidratado. Geralmente, ingere-se pouco líquido durante as festas. É importante a ingestão de água constantemente, sobretudo se há consumo de bebidas alcoólicas. Tem-se a falsa noção que cerveja, por exemplo, mata a sede. Ocorre o contrário. Álcool é diurético, isto é, aumenta a perda de água pelos rins, o que pode levar à desidratação que é, além do cigarro, um dos fatores mais importantes desencadeadores da chamada “ressaca”.

Lembre-se, ainda, que no verão, sobretudo com o calor que está nos assolando, há muita perda de líquido pela transpiração, razão maior ainda para ingestão de muito líquido (não alcoólico, é claro).


RESPONSÁVEL:
Ênio Cardillo Vieira
Nutrólogo
CRM-MG: 3276


Publicado em: 20/12/2016

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Boa forma

Termos relacionados Alimentação Festas Ceia

Posts Relacionados

23 Dezembro 2019

Cuidados com a alimentação nas...

As festas de final de ano estão chegando, época em que as pessoas se reúnem com a família e os amigos para se divertir, trocar presentes, comer e beber
02 Setembro 2016

A dieta do idoso

A obesidade, comum em pessoas idosas, é causada pela necessidade 20% menor de energia em uma pessoa de 69 anos.
02 Janeiro 2017

Cuidados com a alimentação no verão

O verão coincide com as férias escolares, período em que várias pessoas saem da rotina e abusam de comidas e bebidas. De acordo com Juliano Antunes, é importante facilitar a digestão dos alimentos nessa época.