Dicas para cuidar das crianças nas férias - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Cuidados com a Saúde » Prevenção e Cuidados » 4 dicas essenciais para cuidar das crianças durante as férias

4 dicas essenciais para cuidar das crianças durante as férias


A época de férias escolares para as crianças é sinônimo de diversão. Portanto, os pais ou responsáveis precisam ficar atentos para evitar desidratação, doenças por causa de alimentação desequilibrada ou acidentes domésticos. O pediatra da Rede Mater Dei de Saúde, Francisco Machado, dá algumas dicas para garantir que os pais e as crianças possam se divertir com saúde e segurança. 
 

Hidratação

É a palavra-chave desta época do ano. De acordo com o pediatra, a criança tende a comer menos no período de calor, principalmente se seu nível de atividade física aumentar no período, a necessidade de água também aumenta de forma importante. Os responsáveis devem estimular a criança a tomar muita água, mesmo que para isso tenham que interromper, rapidamente, o momento lúdico.
 

Prevenção de doenças

As doenças mais comuns nessa época são as gastroenterites (vômitos, febre e/ou diarreia) e as doenças das vias respiratórias altas (nariz, ouvido e garganta). Por isso, é preciso garantir uma boa alimentação como forma de prevenção. Para as crianças terem uma dieta equilibrada, elas precisam comer alimentos variados (frutas, verduras, legumes e grão integrais) em intervalos regulares. 
 

Acidentes domésticos

As crianças durante as férias, passam mais tempo dentro de casa do que o habitual. “Torna-se necessária atenção redobrada, por parte dos responsáveis, para evitar acidentes relacionados à cozinha (queimaduras e cortes sendo os principais) e área de serviço (queimaduras químicas, ingestões acidentais de produtos de limpeza, acidentes corto contusos e de queimaduras com vassouras, tanques de lavar roupa e ferros de passar roupas) ”, enfatiza o pediatra.
 

Passeios e viagens com segurança

Francisco Machado ressalta que os cuidados com a hidratação e proteção solar (uso regular de protetores solares, chapéus e bonés) e uso de repelentes deve ser intensificados. Além disso, atenção redobrada por parte dos responsáveis para evitar acidentes por submersão (afogamentos). As crianças precisam usar protetores solares (com fator de proteção solar maior que 30), usar chapéus, e evitar a exposição ao sol entre o horário de 10h e 16h30.  

Em casos de urgências emergências com crianças, direcione-se para o pronto-socorro do Mater Dei Contorno: atendimento 24h em pediatria. Consulte os horários das subespecialidades disponíveis.


REESPONSÁVEL:
Francisco de Andrade Machado Neto
Pediatra da Rede Mater Dei de Saúde
CRM-MG: 47407


Publicado em: 26/01/2018

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Cuidados com o bebê

Posts Relacionados

12 Junho 2018

Você sabia? Crianças também têm...

As consequências da cardiopatia congênita são diversas e heterogêneas, dependem do tipo de má formação. Quando não é corrigida, pode evoluir para dilatação e fraqueza do coração, arritmias cardíacas e problemas pulmonares irreversíveis.
22 Setembro 2017

​Meses coloridos trazem...

Setembro é o mês de conscientização do câncer de intestino e câncer infantojuvenil. As doenças, que apresentam números crescentes de novos casos no Brasil e no mundo, merecem atenção quanto aos seus principais sintomas.
01 Fevereiro 2018

Mochilas escolares não podem...

Excesso de peso na infância e adolescência causam danos à coluna na vida adulta.