Aleitamento materno - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Cuidados com a Saúde » Gravidez e Bebê » ​ A importância do aleitamento materno

​ A importância do aleitamento materno

A amamentação é a principal forma de fornecer a um bebê os nutrientes necessários para sua sobrevivência e seu desenvolvimento. O leite materno contém, aproximadamente, 250 substâncias bioativas, vitaminas, proteínas, açúcares, gorduras e água em proporções perfeitas, sendo assim o alimento ideal para suprir todas as necessidades nutricionais e calóricas do bebê. A Organização Mundial da Saúde recomenda que a amamentação seja exclusiva nos primeiros seis meses de vida da criança e que seja estimulada até os dois anos de idade ou mais, enquanto for desejável para mãe e bebê.
Porém, amamentar vai muito além de nutrir uma criança. É um processo que envolve uma interação profunda entre mãe e filho e que traz repercussões importantíssimas na construção do sistema imunológico, desenvolvimento físico, cognitivo e emocional do bebê.

Estudos evidenciam que a amamentação protege o bebê contra desnutrição, infecções e alergias nos primeiros anos de vida e que, a longo prazo, essa criança tem comprovadamente menor risco de desenvolver um quadro de obesidade, alguns tipos de câncer, doenças cardiovasculares, osteoporose e diabetes mellitus. Além disso, o aleitamento materno também ajuda a prevenir distúrbios da fala e respiração na criança. 

Além das inúmeras vantagens para o bebê, o aleitamento materno também oferece vários benefícios para a mãe com implicações na sua saúde física, psíquica e emocional. No pós-parto, amamentar reduz o sangramento uterino, previne a depressão pós-parto e auxilia na perda de peso materna. Inúmeras pesquisas ratificam que, a longo prazo, a mulher que amamenta tem menor risco de osteoporose, cânceres da mama, do endométrio e do ovário.
 
No entanto, ao contrário do que muitos pensam, a produção de leite e a sucção instintiva do bebê não são suficientes para garantir a amamentação com êxito. A cultura na qual a mulher está inserida, o apoio que ela recebe e a sua própria vontade de levar adiante a sua decisão de amamentar são fatores cruciais para o sucesso do aleitamento. Além disso, existem técnicas e aspectos práticos que podem auxiliar a mãe do momento da amamentação, como a pega adequada, posição da mãe e do bebê, entre outros.

Assim sendo, o sucesso da amamentação deixa de ser apenas um compromisso da mulher. A promoção da amamentação acaba sendo uma responsabilidade social coletiva, na qual é importante o empenho conjunto e contínuo que, a partir de gestos simples, repercutem positivamente para toda a vida de um indivíduo.

RESPONSÁVEL:
Isabel Poggiali
Pediatra Neonatologista

CRM: 44539

Publicado em: 03/08/2017

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Cuidados com o bebê

Termos relacionados Amamentação Aleitamento Bebê

Posts Relacionados

03 Agosto 2017

​ A importância do aleitamento...

A amamentação é a principal forma de fornecer a um bebê os nutrientes necessários para sua sobrevivência e seu desenvolvimento.
05 Agosto 2016

Amamentação: futuro sustentável

Dados da Maternidade da Rede Mater Dei de Saúde apontam quase 70% dos bebês sendo amamentados (AME) aos 30 dias de vida em 2016, de acordo com a análise do Serviço de Neonatologia da Rede.
15 Março 2017

O que levar para maternidade?

Pra você que vai ter o seu filho na maternidade da Rede Mater Dei de Saúde, recomendamos levar os seguintes itens:
Tópicos Maternidade Bebê