Congresso Mineiro de CardiCongresso Mineiro de Cardiologia tem participação de médicos da Rede ologia tem participação de médicos da Rede - REDE MATER DEI DE SAÚDE

Congresso Mineiro de Cardiologia

Aplicação da Ciência à Prática Clínica. Esse foi o tema principal da programação do Congresso Mineiro de Cardiologia de 2018. O evento aconteceu entre os dias 09 e 11 de agosto e contou com ampla participação de médicos do Serviço de Cardiologia da Rede Mater Dei de Saúde.

Confira os médicos da Rede que participaram:
Mesa redonda: Aspectos práticos em cardio-oncologia
Moderadora: Patrícia Tavares Felipe Marcatti

Abordagem da atividade física no paciente oncológico
Palestrante: Carla Tavares Felipe Vieira

IC no paciente com câncer: da prevenção ao tratamento
Palestrante: Ariane Vieira Scarlatelli Macedo

Mesa redonda: Doença arterial coronariana estável na prática clínica
Moderador: Sálvio Lisboa de Oliveira

Quando revascularizar um paciente com DAC estável?
Palestrante: Cláudio Leo Gelape

Mesa redonda: Atualização em valvopatias
Moderador: Carlos Eduardo Ornelas

Anticoagulantes nas valvopatias
Palestrante: Carlos Eduardo Ornelas

Mesa redonda: Abordagem ambulatorial das arritmias
Moderador: André Assis Lopes Carmo

Arritmias atriais detectadas em DCEI – significado e abordagem
Palestrante: Henrique Barroso Moreira

Embolia pulmonar na sala de urgência da estratificação ao tratamento
Palestrante: Henrique Patrus Mundim Pena

Temas livres – Oral
Julgadora: Ariane Vieira Scarlatelli Macedo

Cardioversor – Desfibrilador implantável na cardiopatia chagásica: Revisão sistemática e metanálise dos estudos observacionais
Apresentador: André Assis Lopes do Carmo

Métodos auxiliares invasivos (IVUS e FFR) na decisão de revascularizar a DAC estável
Palestrante: Marco Tulio Vilaça Castagna 

Abordagem intervencionista na estenose ártica
Palestrante: Fernando Antônio Roquette Reis Filho

CANTOS (anti-inflammatory therapy lowers future cardiovascular events, reduces câncer incidence and mortality)
Palestrante: Patrícia Tavares Felipe Marcatti

Doença renal na IC crônica
Palestrante: Caio Ribeiro Alves Andrade

Tratamento Contemporâneo da Estenose Valvar Ártica
Palestrante: Fernando Antônio Roquette Reis Filho

Ablação na ausência de cardiopatia: indicação e resultados
Palestrante: André Assis Lopes do Carmo

Novos critérios de indicação na valvoplastia mitral por balão 
Palestrante: Lucas Lodi Junqueira

Cardiomiopatia hipertrófica
Palestrante: Luiz Guilherme Passagli

Amiloidose
Palestrante: Augusto Cesar Miranda Vilela

Sessão Diretrizes Nacionais e Internacionais
Moderador: Henrique Patrus Mundim Pena

Como manusear anticoagulante e antiagregação em pacientes com Fibrilação atrial
Palestrante: Carlos Eduardo Ornelas 

Caso Clínico 1: Doença aterosclerótica coronariana “Paciente multiarterial: decisões sobre a dupla antiagregação no IAM e na trombose aguda intrastent”
Debatedor: Carlos Eduardo Ornelas 

Caso Clínico 2: Valvopatia “Febre em paciente portador de doença valvar: Desafios no diagnóstico e tratamento”
Apresentador: Henrique Patrus Mundim Pena

Caso Clínico 3: Cardiomiopatia periparto “Insuficiência cardíaca refratária a terapia medicamentos otimizada. Qual a melhor conduta?” 
Debatedora: Patrícia Tavares Felipe Macaratti

Caso Clínico 3: Valvopatia “Esteneose mitral grave complicado com taquicardia supraventricular”
Debatedor: Lucas Lodi Junqueira

Casos Clínicos 
Coordenador: Henrique Patrus Mundim Pena

Caso Clínico 1: Doença aterosclerótica coronariana “Lesão aterosclerótica de bifurcação na insuficiência coronariana. Como tratar?”
Debatedor: Marco Tulio Vilaça Castagna

Caso Clínico 2: Doença aterosclerótica coronariana “Conduta no paciente assintomático com Doença Arterial Coronária e com Isquemia Documentada
Debatedor: Antônio Carlos Ferreira Neves

Caso Clínico 3: Cardiopatia chagásica “Abordagem das arritmias na cardiopatia chagásica”
Debatedor: André Assis Lopes do Carmo

Publicado em: 11/09/2018

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

12 Junho 2018

Você sabia? Crianças também têm...

As consequências da cardiopatia congênita são diversas e heterogêneas, dependem do tipo de má formação. Quando não é corrigida, pode evoluir para dilatação e fraqueza do coração, arritmias cardíacas e problemas pulmonares irreversíveis.
14 Julho 2017

Profilaxia de Tromboembolismo Venoso...

O Tromboembolismo Venoso (TEV), com a consequente embolia pulmonar, é a causa de morte evitável mais comum em pacientes hospitalizados. A prevenção consiste em avaliar o risco e indicar a profilaxia adequada ao paciente.
07 Outubro 2019

Otorrinolaringologista da Rede Mater...

A Reunião Anual AAO-HNSF e Experiência OTO 2019, cujo tema foi “Onde Especialistas e Ciência Convergem”, reuniu profissionais de renome mundial, que apresentaram as mais recentes ferramentas e técnicas de tratamento de ponta