Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Imprensa » Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

No próximo domingo, 8 de dezembro, o Grupo Mulheres do Brasil vai realizar a Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres. O encontro, que terá início às 9h, tem como ponto de partida, em Belo Horizonte, a Praça da Liberdade.

A Rede Mater Dei de Saúde apoia e abraça a causa, que visa lutar pelo ideal de um mundo livre de violência contra as mulheres e meninas, e manifesta solidariedade às vítimas, ativistas, movimentos de mulheres e às defensoras dos direitos humanos das mulheres.

A iniciativa faz parte da campanha internacional de combate à violência contra mulheres e meninas, “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, criada pela Organização das Nações Unidas - ONU.

Os participantes da caminhada devem se vestir de laranja, cor escolhida pela ONU para a mobilização do tema. 

Participe do movimento! 

https://www.sympla.com.br/caminhada-pelo-fim-da-violencia-contra-as-mulheres-belo-horizonte__730219

Para mais informações acesse o Grupo Mulheres do Brasil
 



Publicado em: 04/12/2019

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Termos relacionados mulheres Caminhada Mater Dei

Posts Relacionados

06 Janeiro 2020

Pedido especial de Natal

O dia 25 de dezembro foi uma data pra lá de especial para o nosso paciente Marcos Rogério Figueiredo e sua família, que puderam passar o Natal juntos
22 Janeiro 2020

Infarto: Saiba mais sobre a doença e...

O infarto agudo do miocárdio também conhecido como infarto do coração, é resultado do entupimento das artérias coronárias que são responsáveis pela nutrição das células cardíacas.
08 Janeiro 2020

Jogadores do América fazem check up no...

Segundo o médico do serviço de Medicina do Esporte e Coordenador da Ergometria da Rede, e também médico do América, André Jafeth, foram feitos exames laboratoriais