A equipe de cardiologia da Rede Mater Dei teve participação de destaque no 76º Congresso Brasileiro de Cardiologia - REDE MATER DEI DE SAÚDE
Sobre o Mater Dei » Fique por dentro » Notícias Institucionais » A equipe de cardiologia da Rede Mater Dei teve participação de destaque no 76º Congresso Brasileiro de Cardiologia

A equipe de cardiologia da Rede Mater Dei teve participação de destaque no 76º Congresso Brasileiro de Cardiologia


O evento, que aconteceu virtualmente, foi uma grande oportunidade de discutir com os mais renomados cardiologistas de todo Brasil, os estudos científicos da subespecialidade de cardio-oncologia, baseado em estudos de casos clínicos atendidos pela Rede Mater Dei de Saúde.


“A cardio-oncologia promove o estudo da prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares associadas ao câncer e ao próprio tratamento do câncer”, explica Henrique Patrus, coordenador da Cardiologia e principal autor dos três estudos. “Os casos clínicos discutem a complicada interação de doenças e tratamentos oncológicos e cardiovasculares”, completa o pesquisador.

O primeiro trabalho é intitulado “Desafio em cardiologia: manejo do paciente com diagnóstico de câncer de tireoide e arritmia cardíaca tratada como amiodarona”. O Dr. Cleydson Santos, oncologista da Rede Mater Dei de Saúde, é co-autor do trabalho e comenta que o câncer é uma doença extremamente complexa e pode impactar diretamente a função cardiovascular dos pacientes (compressões vasculares, trombose, síndrome de lise tumoral, etc). “Da mesma maneira, os tratamentos oncológicos, mesmo os mais modernos, podem impactar na saúde cardiovascular (indução de insuficiência cardíaca, arritmias, trombose, etc). Medicamentos oncológicos também podem interagir com aqueles utilizados em outras condições, como foi apresentado no trabalho. Uma discussão profunda entre os médicos que compõem a equipe multidisciplinar, ponderando riscos e benefícios das intervenções, é fundamental para definir a melhor conduta e o tempo correto para instituí-la. Quem ganha é sempre o paciente.”

O segundo trabalho discute  o câncer de bexiga e sua interação com a doença coronariana. O título do texto é: “Conciliando o melhor plano terapêutico em paciente portador de câncer de bexiga e síndrome coronariana aguda." A Dra. Patrícia Felipe, coordenadora da Cardio-oncologia da Rede Mater Dei, co-autora do trabalho, ressalta a importância de oferecer o tratamento mais adequado ao paciente com câncer de bexiga, atentando para possíveis complicações cardiovasculares e suas singularidades, e da necessidade de uma equipe multidisciplinar e garantir um atendimento integrado. 

O terceiro trabalho  “Estenose Aórtica e amiloidose cardíaca: a importância de uma estratégia diagnóstica precisa” levanta a discussão sobre os alertas para diferenciação destas duas graves patologias, cujas apresentações clínicas são semelhantes, mas cujas abordagens são distintas. Dr Márcio Vinicius Lins, coordenador do setor de Ecocardiografia da Mater Dei e co-autor deste estudo, aponta a importância do alinhamento entre a clínica do paciente e a utilização correta dos diversos métodos propedêuticos disponíveis, no sentido de oferecer ao paciente a melhor abordagem diagnóstica e terapêutica. Nesse estudo, todos os procedimentos realizados foram previamente discutidos entre as equipes permitindo uma otimização no tempo e nos custos hospitalares e possibilitando um diagnóstico preciso e menos invasivo.

Dr. André Chuster, coordenador do Pronto-Socorro Cardiológico do Hospital Mater Dei Contorno, participou como co-autor dos três estudos e destaca que "...os casos relatados ilustram a importância da interação entre Oncologia e Cardiologia no manejo de casos de desafios diagnósticos e terapêuticos. O desenvolvimento da Cardio-Oncologia é fundamental para o estudo e a abordagem das complicações cardiovasculares e suas singularidades no paciente com câncer, atuando de forma a reduzir eventuais danos e assegurar que eventos adversos não levem a descontinuação da terapia oncológica."

Também contribuíram na elaboração dos trabalhos os pós-graduandos em cardiologia da Rede Mater Dei de Saúde, Dra. Vanessa Costa Gomes e Dr. Vinícius Rangel, a acadêmica de medicina Lavínia Vasconcellos Patrus, e a oncologista da Mater Dei, a  Dra Anna Carolina D’Ascenção Maia. 

Estes estudos fazem parte do trabalho de conclusão do curso de Pós-Graduação em Cardio-oncologia do coordenador do serviço de cardiologia da Rede, Dr. Henrique Patrus, que será o responsável pela apresentação dos três trabalhos durante o congresso. 
 


Publicado em: 04/01/2022

Este conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado pelo feedback. Sua opinião nos ajuda a criar um site melhor a cada dia.

Este post é sobre Notícias institucionais

Posts Relacionados

04 Janeiro 2022

A equipe de cardiologia da Rede Mater...

O evento, que aconteceu virtualmente, foi uma grande oportunidade de discutir com os mais renomados cardiologistas de todo Brasil, os estudos científicos da subespecialidade de cardio-oncologia, baseado em estudos de casos clínicos atendidos pela Rede Mater Dei de...
13 Dezembro 2021

Cardiologistas da Rede Mater Dei de...

No último sábado, 04/12, os médicos do serviço de cardiologia da Rede Mater Dei de Saúde, Henrique Patrus, coordenador do serviço de Cardiologia da Rede Mater Dei de Saúde e presidente da Sociedade Mineira de Cardiologia e Letícia Braga, cardiologista membro...
13 Dezembro 2021

Rede Mater Dei de Saúde é premiada...

Na última terça-feira (06), a Rede Mater Dei de Saúde foi premiada na categoria Hospital Privado Destaque pelas ações de combate à Covid-19, do Prêmio Benchmarking Saúde 2021 em Salvador, promovido pela Criarmed. Luciana Silva, diretora clínica do Mater Dei...